Como trocar sua planta de vaso sem erro

Hipó - Trocar planta de vaso

Colocar sua planta em um vaso novo não é difícil. E depois que você pegar o jeito, vai querer fazer plantios todo dia. Trocar sua planta de vaso sem erro, ajuda para que ela a se desenvolva melhor, pois ela vai ter mais espaço paras as raízes. Além disso, com um sistema de drenagem completo, a irrigação dela flui bem melhor.

Plantar e colocar as mãos na terra, ainda te ajuda a acalmar a mente e se conectar com a natureza. Tem vários estudos que apontam o cuidado e contato com as plantas fundamentais pra manter a saúde emocional equilibrada. A gente cuida delas e elas cuidam da gente. Lindo demais! <3

Hipo_Trocar_Vasos_Plantas

Antes de começar, cadê o furo do vaso?

Por serem tão importantes, vamos cuidar dessas plantas do jeito que elas merecem, né? Pra trocar a planta de vaso sem erro, a gente sempre recomenda fazer o plantio em vasos que possuam furo. Desse jeito, toda vez que você regar a sua planta, a água em excesso colocada no vaso pode tomar seu rumo.

Pode parecer que isso te atrapalhe e suje todos os móveis na hora da rega, mas existem soluções pra isso. Pois você pode levar os vasos para um balcão que possa receber essa molhadeira, fazer a rega e depois colocar de volta. Ou mais prático ainda, usar pratinhos pra recolher essa água. Só cuidado com o modelo escolhido pra não juntar mosquito, tá?

Mas sério que precisa desse furo?

Sim! Escoar a água do vaso evita, a longo prazo, que a umidade da terra em excesso cause o apodrecimento das raízes (que é fatal para a sua planta). Assim você também ajuda a evitar a proliferação de fungo em suas plantas. E pode acreditar, você não vai querer ter essa dor de cabeça.

Hipo_Trocar_Planta_Vaso_Sem_Erro

Caso o seu vaso não possua furo, verifica se o material que ele é feito permite que você crie esse furo. Se puder, mete bronca! Mas se não tiver jeito, o ideal é usar esse vaso apenas como cachepô. Ou seja, usar como um esconderijo pro potinho que abriga sua planta – mas esse potinho precisa ter furos, tá?

Agora sim, vamos lá!

Já falamos de coisas muito importantes mas vamos ao que interessa: trocar sua planta de vaso! Antes de começar, separa os seguintes itens:

1. A planta escolhida. Lembra de escolher uma planta própria para o ambiente que ela vai ser colocada e ao teu estilo de vida, porque não escolher uma planta de sol pra colocar num ambiente com pouca luz. Aqui em nosso blog, temos algumas sugestões de plantas fáceis de encontrar e de cuidar, como a Zamioculca, Fitônia e Jibóia.

2. Um vaso com furo. O ideal é que o novo vaso tenha um tamanho igual ou maior ao vaso atual da sua planta. Dessa forma, ela pode se acomodar super bem e ainda ter espaço extra pra crescer mais um pouco.

3. Pedriscos ou argila expandida. Esses itens vão ocupar o fundo do vaso. Não precisa de muito, apenas o suficiente para cobrir o fundo do novo vaso. Nós damos preferência à argila expandida, pois como ela é porosa, não absorve tanto o calor.

4. Um pedaço de pano permeável fininho, de rápida absorção e secagem (esses de limpeza pra cozinha funcionam super bem).

5. Terra. É bem importante escolher a terra certa pra sua planta. Algumas pedem uma terra com drenagem mais rápida e outras com a terra mais argilosa, que retenha mais umidade. Boa parte das plantas respondem super bem às terras vegetais, algumas inclusive já vem com húmus – que é uma terra cheia de nutrientes orgânicos produzido por nossas amigas minhocas.

Sistema de drenagem do vaso

Trocar planta de vaso sem erro - Hipó

1. Coloque os pedriscos ou a argila no fundo do vaso. Não precisa de muita quantidade, tá? Esse material faz com que água não acumule no fundo do vaso. Dessa forma, ela escoa mais rápido pra fora dele. Por isso, coloca o suficiente pra preencher com um dedo de altura.

2. Por cima da argila, é só colocar o pedacinho do pano. Pode recortar ele, para ficar do tamanho certinho do vaso. Lembra que ele vai evitar que a terra desça pra argila. Então, se certifica que argila esteja bem protegida e coberta em todos os cantos.

Tudo Pronto para o Plantio

Hipo_Trocar_Vaso_Planta
Hipo_Trocar_Vaso_Planta
Hipo_Trocar_Vaso_Planta

1. Parte boa: colocar as mãos na terra. Antes da planta, coloca uma quantidade de terra por cima do paninho. Desse jeito, a planta fica com espaço para as raízes crescerem mais. A quantidade de terra vai depender do tamanho da raiz de sua planta. Então, o ideal é que preencha pelo menos metade do espaço do vaso com terra, antes de colocar a planta.

2. Se a planta estiver num pote de plástico, é só apertar as laterais que ela vai se soltando. Depois, é só tirar o vaso com cuidado, segurando a planta o mais perto da raiz possível, e colocar no vaso novo. Se não der pra apertar o vaso, o ideal é ir afofando a terra pelas laterais. Porém com cuidado, para não machucar as raizes. Depois desse processo, ela também vai se soltar. E então, é só retirar a planta.

3. Agora é só colocar a planta e acrescentar mais terra por cima. Depois, é bom dar uma apertadinha na terra pra ajudar a deixar a planta mais firme. Deixa pelo menos um dedinho de altura do vaso livre de terra. Isso vai te ajudar a fazer menos sujeira na hora da rega.

4. Você pode escolher se põe casca de pinus por cima da terra. Não é imprescindível, mas ajuda a controlar a entrada de alguns insetos. Além de proteger a terra do vento, calor e deixar um efeito bem bonito no vaso. Com tudo pronto, agora é só fazer a rega inaugural.

Tudo certo, nada errado: trocamos a planta de vaso.

Troca de vaso realizada com sucesso! Fácil, né? Agora que deu pra entender melhor sobre como trocar sua planta de vaso sem erro, então explora bem esse processo. Pratica sempre que puder e ensina a todo mundo como dá pra fazer essa troca sem erro. Ah, lembra de mostrar pra gente como foi tua experiência. Marca a gente no facebook ou instagram, porque adoramos acompanhar esse momento maravilhoso e terapêutico de plantio. <3

Vasos para Plantas, com furo | Loja Online:

Você também pode gostar

7 comentários em “Como trocar sua planta de vaso sem erro”

    1. Olá! Depende da terra que você vai utilizar. Algumas com o tempo vão compactando e dando a impressão que a terra do vaso está diminuindo. Nesses casos, é bom aerar a terra com a ajuda de uma pá ou um palitinho, remexendo a terra pra que ela se solte. Mas é sempre bom fazer uma reposição de nutrientes periodicamente. Nós recomendamos muito a adubação orgânica, que dá pra usar em qualquer planta e tem um resultado ótimo. Recomendamos e muito esse aqui ó: http://criadoemapartamento.iluria.com/

  1. Comprei plantinhas em vasinhos de plástico com furos, mas parece que estão sufocadas e precisam de espaço para crescerem… Comprei alguns vasinhos sem furos lindos (cachepos), mas tenho uma duvida: é melhor deixá-las nos vasos originais e usar o cachepo para deixar mais bonito ou transporta-las para os cachepôs por serem maiores que o vaso original e colocar os estratos para substituir a ausência de furos?

    1. Oi, Fernanda! Olha, o furo pra escoamento de água é essencial para as plantas. Sem ele, o cachepô pode reter água demais e isso pode ser fatal pra sua planta. Enquanto você não encontra vasos maiores com furo pra fazer essa troca, te recomendamos manter onde elas estão mesmo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois + treze =

0
Rolar para cima